Carregando…
Simone Herdina

Entrevista Simone Herdina

Entrevista da Prof. Simone Herdina, concedida ao site www.sportmania.com.br.

Formada em Educação Física pelo Instituto Porto Alegre, com Pós-Graduação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, a Professora Simone Herdina fala nesta entrevista exclusiva ao SPORTmania do mercado de trabalho para o profissional de educação física, do culto ao corpo, do uso de drogas anabolizantes e de muitos outros assuntos.

simone-herdina

Fale-nos de como começou seu interesse pela área de educação física.

Sempre pratiquei esportes, desde o 2º grau. Participei de equipes de basquetebol, voleibol e handebol. A partir de então percebi que atividade física era uma rotina no meu dia, e resolvi cursar a Educação Física, para ficar mais perto ainda dos esportes.


Você se formou por que Universidade? Cursos de extensão?

Eu cursei Educação Física no Instituto Porto Alegre (IPA). Fiz Pós-Graduação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) com especialização em Ciências do Esporte. Tenho Pós-Graduação na Universidade Gama Filho (UGF) com especialização em Doenças Crônico-Degenerativas. Além disso, tenho participação em vários cursos de Medicina Desportiva, Treinamento Desportivo, Personal Trainer, Avaliação Física, Congressos, Workshops, Palestras, Seminários e Jornadas.


Fale-nos de sua experiência profissional.

Comecei atuando como estagiária de Musculação, desde o 2º ano do curso. A partir daí não parei mais, trabalhei com esportes em praças e parques, ginástica localizada, condicionamento físico e alongamento, escolinha de voleibol e recreacionista. Já estou há 13 anos na área da Musculação, há 9 anos na área da Avaliação Física e há 7 anos atuando como Personal Trainer.


Como está o mercado para quem acaba de se formar?

O mercado de trabalho está em franca expansão, existem muitas oportunidades para quem está terminando o curso. O profissional de Educação Física pode atuar como preparador físico de equipes, como recreador em grupos ultidisciplinares (clínicas), pode trabalhar com Ginástica Laboral, em academias, condomínios, enfim como agente de saúde reconhecidamente desde a legalização da profissão.


No caso específico do personal trainer, este é um mercado que cresce?

Está crescendo muito. A mídia auxilia nesse processo, ajudando a esclarecer a importância da atividade física orientada e individualizada. Contamos também com o apoio dos médicos, que recomendam aos seus pacientes a prática regular de exercícios físicos.


De forma rápida, descreva as tarefas de um personal.

O Personal Trainer deve ser formado em Educação Física, registrado no Conselho de Educação Física. Esse profissional deve ser capaz de avaliar, prescrever e acompanhar os exercícios físicos do seu aluno. Também deve ser capaz de atender as expectativas do aluno, procurando atingir os objetivos de forma rápida e segura.


Quais as vantagens de um aluno ter um personal trainer?

Melhor qualidade na execução dos exercícios físicos; progresso rápido nos objetivos; prescrição de exercícis físicos individualizada; controle na intensidade dos exercícios físicos; maior motivação para a atividade; controle da postura na execução dos exercícios físicos; maior dinamismo na atividade; manutenção da prática regular na atividade (compromisso com o horário da aula).


Quem mais se utiliza dos serviços deste profissional?

As mulheres procuram mais os serviços de Personal Trainer, porque são as mais preocupadas com a saúde e com a estética. A faixa etária dominante está acima dos 35 anos.


Como está hoje o culto ao corpo?

Continua acentuado, haja visto que a mídia impulsiona a imagem do corpo perfeito. Cada vez mais os adolescentes querem corpos esculturais porque mostra nas revistas, na televisão a todo momento. Qualquer gordurinha já se torna indesejada, porque a imagem que é mostrada são de formas totalmente perfeitas.


E o uso de drogas anabolizantes está crescendo ou as pessoas estão mais conscientes?

Ainda é muito usado, principalmente entre os adolescentes. Eles não querem esperar para ter um desenvolvimento gradual da musculatura, já querem ‘prá ontem’ o resultado. Acabam entrando no caminho dos esteróides anabolizantes e muitas vezes é um caminho sem volta. É dever dos agentes de saúde (Médicos, Profissional de Educação Física, Nutricionista) esclarecer a esses adolescentes o risco que eles correm, fazendo uso dessas drogas.


Para encerrar, mande uma mensagem para quem pratica exercícios físicos.

Exercite-se, exercite-se e exercite-se cada vez mais e sempre orientado por um profissional de Educação Física devidamente registrado no Conselho de Educação Física. A sua saúde depende de uma prática regular de exercícios físicos, de uma alimentação saudável e baixo nível de stress.Você está somando maior qualidade de vida aos seus anos, tendo hábitos positivos no seu dia-a-dia.

Entrevista por Carlos Fernando Rego Monteiro, editor do Site SPORTmania.